Atenção: o DNA Massi contém café e produtividade

Aposto que isso também acontece com você: durante a manhã, ao acompanhas os stories no Instagram, com certeza vai ter a galera que já foi para a academia, outros desejando bom dia, aqueles que compartilham citações postadas pela Forbes e uma maioria, maioria mesmo, que postará foto de xícara de café, dos mais variados tipos, mas, com essa bebida dos deuses!

O que será que acontece? Todo mundo realmente gosta do sabor do café? É só isso? Tem coisa a mais por trás? Vamos descobrir!

Aceita uma xícara?
O café é a bebida mais consumida no mundo todo. Seja em nossa própria casa, consultórios, recepções, saídas de restaurantes ou no trabalho, é fato: dificilmente você não encontrará café e ainda menos provável é a bebida ser desperdiçada.

Podemos concluir que o café é realmente muito consumido, porém, ele surgiu por volta de 1570 e é totalmente comum. Ou seja, definitivamente não é uma exclusividade, então, as pessoas não bebem no intuito de ser algo novo ou diferente. Mas, não abrem mão. Por quê?

O cafezinho não é só um cafezinho!
De acordo com uma pesquisa realizada pela Euromonitor International (empresa do Reino Unido) sobre o consumo de café no Brasil, durante um ano os brasileiros bebem cerca de 839 xícaras.

É muita coisa, não é? Obviamente, a ingestão de cafeína é proporcional às xícaras e é possível sentir seus efeitos após algumas doses da bebida.
Servindo como um fator estimulante para o sistema nervoso central, a cafeína libera hormônios como a noradrenalina e a adrenalina, que causam mais disposição e sensação de bem-estar.

Essa substância é benéfica também para o fluxo intestinal, além de aumentar o nível de desempenho em treinos físicos, quando ingerida em quantidades adequadas, visto que o oposto pode provocar a aceleração dos batimentos cardíacos, por exemplo.

Entretanto, apesar dos cuidados que devem ser tomados, os benefícios são superiores e um deles se destaca: o aumento do foco, concentração, memória e da produção diária.

Macchiato, latte e... produtividade!
A adenosina é uma molécula que abaixa a frequência dos batimentos cardíacos e indica quando o corpo está cansado e precisa dormir. Como a cafeína é muito parecida, quando ingerida, a sensação de energia é elevada e adenosina começa a espalhar adrenalina, agindo ao contrário do comum.

Por isso, ao ficar em um estado de concentração maior, é mais fácil manter o foco, aumentar a disposição, a atenção e, consequentemente, a produtividade. Ainda mais porque a cafeína atua como um estimulante na produção de dopamina, que aumenta o prazer a disposição, sendo um fator de contribuição extra.

Com todas essas explicações, fica claro o porquê o café está tão presente no dia a dia.

Um tradicional expresso, o clássico coado com café gourmet, o típico café raiz...são muitos os tipos e na Massi sempre tem cafés variados para todos os gostos.

No Terra Vermelha Café, inclusive, há opções para você apreciar um cafezinho único, que já é excelente por si só, ou escolher um doce ou salgado de acompanhamento. A criação dessa marca foi tão especial para nós quanto o sabor de um expresso na hora!

Afinal, estamos em Londrina, então, dificilmente teria como nos desconectar dessa bebida incomparável logo na antiga capital do café.

Já tomou o seu hoje?